The Family Space Forum

Ainda não está registado ou não está ligado! Registe-se ou faça o log in!


    A preparação da mala

    Compartilhe
    avatar
    Admin A
    Admin
    Admin

    Feminino
    Número de Mensagens : 116
    Idade : 33
    Localização : Porto
    Número de Filhos : 1
    Avisos :
    0 / 1000 / 100

    Caixinha das Mamãs : 643
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 13/05/2008

    A preparação da mala

    Mensagem por Admin A em Qua Jun 11 2008, 02:58

    Quantos robes levo? E camisas de noite?… E fraldas? São várias as coisas que deve levar para a maternidade, e muitas que podem ficar em casa se não preparar a mala antecipadamente.

    Na última parte da gravidez, a barriga cresce tão depressa como a ansiedade. O grande dia aproxima-se, e é altura de deixar tudo preparado para a chegada do pequenito.

    E também é necessário preparar a mala que irá levar no momento do internamento. Face a essa necessidade, nem todas as mamãs reagem da mesma maneira. As mais ansiosas, não é raro que tenham tudo preparado desde o início do terceiro trimestre, “por causa das dúvidas”. E também existem aquelas muito confiantes, que esperam para o último momento.

    A verdade é que dedicar-se a esta tarefa em pleno trabalho de parto não é o mais aconselhável. Mas então, quando deverei fazer a mala? O ideal é prepará-la cerca de 30 dias antes da data provável do parto. Ou seja, com antecipação, de maneira programada, e nunca com o relógio na mão enquanto controla as contracções.

    O ideal é evitar que, chegado o momento, não deixe metade das coisas em casa, e que os minutos anteriores decorram de forma tranquila e ordenada. Talvez lhe possa vir a fazer falta alguma coisa que esqueceu, mas é nossa intenção de que não se esqueça das coisas indispensáveis.

    Um conselho contra o esquecimento: antes de fazer a mala, procure lápis e papel e faça uma lista de todos os elementos necessários. E, à medida que os vai guardando, marque-os na lista. Mãos à obra!

    Os dados

    A mala deverá ser identificada com os nomes da mamã e do papá. Depois do parto, a obstetra e o médico preencherão o certificado de nascimento do bebé. Por este motivo, é recomendável - além disso - preparar uma lista onde figurem o seu nome e o do seu marido, tal e qual estão no Bilhete de Identidade, para que possam preencher o certificado correctamente e sem emendas.

    Também deve figurar o número do documento, o domicílio e o telefone de casa. Escreva, para terminar, o nome que o seu filho irá ter. E se ainda não sabe de que sexo é, tome nota dos nomes alternativos para menina ou menino.

    A roupinha do bebé

    Deverá perguntar como é que deve proceder em relação à roupinha do bebé: muitas maternidades providenciam a roupinha que o pequenito usará durante os dias de internamento. Se for assim, só deverá levar a roupa para o dia da alta, e uma mantinha para o envolver ao sair. Caso contrário deverá também levar roupa para o bebé.

    A segurança em primeiro lugar

    No dia da alta, os orgulhosos papás e o recém-nascido entrarão para o automóvel e empreenderão o regresso a casa. E na mala não está tudo. É importante pensar antecipadamente na segurança do bebé dentro do automóvel: deve viajar numa cadeirinha de segurança desde o primeiro dia.

    Os braços da mamã são muito confortáveis para o pequenito, mas não quando viaja de automóvel. Somente uma cadeirinha especial para recém-nascidos poderá proporcionar-lhe toda a segurança que ele merece.

    Alguns conselhos úteis:

    ·Pergunte ao seu médico o que deverá fazer quando começar o trabalho de parto ou face a uma ruptura das águas. Ou seja, se tem de entrar em contacto com ele ou com o serviço de obstetrícia.

    ·Se não se trata do primeiro filho, decidam (você e o seu marido) antecipadamente com quem ficará o irmãozito quando for internada (avós, tios, amigos). Para não atrasar a chegada à maternidade, o ideal seria não ter de percorrer grandes distâncias para o deixar.

    ·Não se esqueça de levar todos os exames e análises realizados durante a gravidez, uma vez que podem ser muito importantes para o trabalho de parto (e ainda mais quando se trata de uma gravidez de risco).

    ·Para a admissão na maternidade, deverá levar não só o cartão da segurança social, mas toda a documentação necessária.

    ·Tenham à mão (você e o seu marido) os números de telefone do médico e da obstetra, assim como da clínica.

    ·Mantenha o número de telefone da empresa de táxis ou outros telefones necessários bem à vista, ou fixos por um íman na porta do frigorífico.

    ·É bom saber o caminho para a maternidade, e pensar nos acessos alternativos caso o trânsito seja intenso, ou no caso de alguma rua - como costuma suceder - estar em obras ou fechada ao trânsito. Convém fazer o reconhecimento do caminho até à maternidade pelo menos uma vez antes do parto.

    ·Para o papá: mantenha o depósito de gasolina atestado e o carro preparado. É óbvio que parar no caminho, a meio das contracções para meter gasolina ou ver o ar dos pneus, não é relaxante para uma parturiente.

    ·É recomendável que o casal chegue a um acordo prévio sobre quem se deverá avisar da ida para a maternidade (pais, sogros, irmãos, amigos, outros filhos, ou ninguém).

    O que levar na mala

    Para a mamã:

    - Umas chinelas confortáveis e sem salto

    - Uma camisa curta para o parto (algumas maternidades fornecem-na)

    - Duas camisas abertas na parte dianteira, para facilitar a amamentação

    - Um robe

    - Pente ou escova

    - Elásticos para prender o cabelo

    - Desodorizante

    - Champô e creme amaciador

    - 1 secador de cabelo

    - Escova de dentes e dentífrico

    - Lenços descartáveis (são mais refrescantes do que os de tecido)

    - Sabonete de toucador (geralmente é fornecido pelas maternidades)

    - Toalhitas para as mãos

    - Dois ou mais soutiens especiais para amamentação

    - Protectores para o peito

    - Quatro cuecas ou mais (não leve “tangas”: lembre-se de que usará pensos pós-parto e as cuecas deverão segurá-los).

    - Pensos pós-parto (enquanto estiver internada, é a maternidade quem deverá proporcioná-los)

    - Um par de meias (durante o parto é comum sentir frio nos pés)

    - Roupa para o regresso a casa

    Para o bebé:

    - Três camisinhas finas

    - Três camisolinhas (de algodão)

    - Um conjuntinho para sair da maternidade

    - Um ou dois babygrows de algodão (de perna comprida)

    - Dois casaquinhos de algodão ou de lã (conforme a estação)

    - Meias

    - Uma mantinha para o envolver ao sair

    - Quinze fraldas descartáveis (do tamanho adequado)

    - Um toalhão

    - Sabonete neutro

    - Um pente ou escova para bebé

    O que levar na mala (quando o futuro papá vai ficar como acompanhante)

    Para o papá:

    - Roupa confortável para dormir

    - Escova de dentes

    - Pente

    - Estojo de barbear

    - Máquina fotográfica ou de filmar

    - Se tiver telemóvel, não só deve levá-lo mas também mantê-lo ligado. Não se esqueça do carregador de baterias. Se não tiver telemóvel, leve cartões telefónicos ou moedas para os telefones públicos da maternidade.

    - A agenda telefónica (certamente que quererá avisar os familiares ou os amigos).

    A bolsa para levar para a maternidade deverá conter:

    - Um cartão com os seguintes dados dos pais:

    .Nomes e apelidos completos

    .Número de ambos os bilhetes de identidade

    .Domicílio - Nome para o bebé (de menina e de menino)

    - Grupo e factor sanguíneo de ambos os pais.

    - Bilhete de identidade da mãe

    - Boletim de saúde

    - Seguro de saúde


    _________________
    Frase: Respeitar para ser respeitado!
    Admin

      Data/hora atual: Qua Nov 22 2017, 17:28